Plantas de Poder

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Plantas de Poder

Mensagem por Aarin Federleicht em Qua Jun 17, 2015 1:53 am

Meu primeiro contato, assim como o de muita gente, com a ideia de “Plantas de Poder”, foi através do livro “Erva do Diabo” de Carlos Castañeda. Antes disso, acredito que a ideia do uso do que é conhecido de maneira geral como alucinógeno para fins obtenção de conhecimento e experimentações espirituais, sequer havia passado por minha cabeça. Mas, ao redor do mundo, em diferentes tradições, em diferentes épocas, o uso de materiais existentes na natureza que contenham esses princípios é conhecido como elemento natural de diversas culturas.

Durante os anos 60, com todo o movimento de contracultura, alguns desses agentes se tornaram populares, um pouco por causa de suas origens em culturas ancestrais e naturalistas, de certa forma marginais à visão de mundo da cultura ocidental de maneira geral, mas também e especialmente por seu potencial uso recreativo. Essa é uma linha que acabou se tornando difícil de traçar quanto ao uso de substancias que alteram o estado de consciêcia após o surgimento e popularização de diversas drogas sintéticas que têm esse tipo de efeito com consequências geralmente danosas à saúde física e psicológica do usuário, e à sua vida social. Plantas de Poder não são para uso recreativo e não devem jamais ser usadas para este fim. Um outro termo criado, justamente para fazer esta distinção, pelo estudioso em etnobotânica e antropologia Gordon Wasson, é o de substancias “enteogênicas” (termo de raiz grega: en- em/dentro, theo – divindade, genus – geração, em interpretação livre “gerador da divindade interior”), que são aquelas usadas em contexto religioso/cultural para se alcançar níveis alterados de percepção.

Dentro do contexto religioso/espiritualista, o uso dessas fontes naturais de substancias enteogênicas (nem todas são plantas) é geralmente moderado, direcionado a propósitos específicos voltados ao bem-estar do indivíduo e comunidade, comunicação com o divino, cura e obtenção de conhecimento e habilidades transcendentais, o que justifica um outro nome conhecido das plantas de poder: as plantas mestras ou professoras. Em diversas culturas acredita-se que cada espécie tem um espirito comum entre suas plantas, dotado de personalidade própria com a qual se deve lidar de maneira adequada, que é um mestre ou guia para a vida na terra e em diferentes planos de existência, possuidoras de conhecimentos morais, espirituais e práticos que podem ajudar o homem de diversas maneiras.

Atualmente, com novos movimentos espiritualistas em evidencia, em especial o que se tem chamado de neo-xamanismo, o uso desses agentes tem voltado a receber atenção popular, despertando curiosidade e receio em quem toma conhecimento de suas experiências.

Alguns exemplos de enteogênicos são a ayahuasca, yopo, peyote e amanita muscaria (um fungo). É sobre eles e alguns outros que vou tratar aqui neste post, trocando conhecimento com vocês.


Última edição por Aarin Federleicht em Qua Jun 17, 2015 6:21 pm, editado 1 vez(es)

_________________
O propósito do Guerreiro é a paz.
avatar
Aarin Federleicht
Estudioso

Mensagens : 50
Data de inscrição : 21/02/2015
Idade : 24
Localização : Salvador

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Malklord em Qua Jun 17, 2015 3:05 pm

Excelente meu caro!

Por favor brinde-nos com sua sabedoria!

Por falar nisso tem outro membro me devendo umas postagens...

Mas compartilhemos, eu faço uso das plantas de poder mas como todos os instrumentos dados ao homem precisa de cuidado e atenção.

Aguardarei os posts dos meus demais irmão e continuaremos o debate!

Saudações,

Malklord

_________________
Malklord:: M.'.I.'.P.'.A.'.

Ominia in Unum

kabbalah, esoterismo , qliphoth , magia , ocultismo , celtas , força , wicca , verdade , ocultismo, occultismo, alquimia, sol, lua, astrologia, planetas, filosofia, sabedoria, busca, conhecimento, astrum argentum, arcanum arcanorum, hermetismo, religiões, cura, candomblé, umbanda, exu, orixás, anjos, demônios, deuses, forças da natureza, judeus, cristãos, Cristo, fogo, água, terra, ar, yin, yang, existencia, daemon, goetia, luz, escuridão, opostos, darkness, light, sun, moon, angels, michael, gabriel, rafael, adonai, mente, estudo, ciencia, meditação, force, grimoire, sabaoth,cernunos, mabon, graal, calice, arthur,artur,hermes,hermetico, alquimia, alchemy, pedra, filosofal, arcano, eliphas, levi, saint germain, fraternidade branca, sociedade teosifica, yggdrasil,ayahuasca, plantas de poder, Runas, rune, power, poder, hebraico, grego, grecia, roma, igreja
avatar
Malklord
Admin

Mensagens : 311
Data de inscrição : 15/08/2014

Ver perfil do usuário http://www.aemaeth.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Guapo em Qua Jun 17, 2015 4:35 pm

Ótimo tópico. cheers

Plantas Sagradas fornecem grande aprendizado... mesmo as "bad trips" são úteis.

Já falei deste assunto com Neo e o Maggobranco... é ótimo que mais membros se interessem por este assunto.

Aguardando ansiosamente a continuação!
avatar
Guapo
Estudioso

Mensagens : 43
Data de inscrição : 12/03/2015
Idade : 26
Localização : RS

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Aarin Federleicht em Qua Jun 17, 2015 8:39 pm

Yay, certamente que postarei.

Esse é um assunto que eu não considerava, depois enchi de preconceitos. Com uma experiencia meio involuntária com alteração de consciência, acabei percebendo que não era o fim do mundo que eu acreditava. Para completar, uma veia forte em ciências humanas tá sempre puxando meu interesse para assuntos relacionados à antropologia (como leigo... bem leigo, na verdade), e o assunto foi me conquistando cada vez mais, os preconceitos sendo destruídos pelo conhecimento, como deve ser.

Tive algumas experiencias com elas também, que abriram definitivamente minha percepção sobre os próprios enteógenos e a realidade em geral.

Vamos lá então Smile

_________________
O propósito do Guerreiro é a paz.
avatar
Aarin Federleicht
Estudioso

Mensagens : 50
Data de inscrição : 21/02/2015
Idade : 24
Localização : Salvador

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ayahuasca

Mensagem por Aarin Federleicht em Qua Jun 17, 2015 8:51 pm



  • O que é?


A ayahuasca é uma beberagem preparada a partir da fervura do cipó Banisteriopsis Caapi (também conhecido com jagubi) e a Psychotria Viridis (chacrona). Seu princípio ativo principal é a dimetiltriptamina (DMT) da chacrona, uma substancia encontrada normalmente em plantas e nos organismos de mamíferos, e que não causa efeito quando ingerida sozinha por ser rapidamente metabolizada pela enzima monoamina oxidase (MAO) presente no estomago. O papel da jagube é justamente o de evitar essa rápida metabolização da DMT por possuir substancias inibidoras de MAO, aumentando sua sobrevida permitindo que seja absorvida pelo sistema digestivo, entre na corrente sanguínea e chegue ao cérebro para se conectar aos seus receptores, os mesmos da serotonina. A jagube contribui ainda com tetraidroarmina (THH), um inibidor moderado de recepção de serotonina, potencializado a capacidade de captação da DMT e aumentando a quantidade de serotonina no organismo.
O nome Ayahuasca tem origem no Quíchua e se traduz como “cipó das almas” e é usado para se referir tanto à bebida quanto ao jagube. A bebida é conhecida também por diversos outros nomes e títulos como hoasca, daime, vegetal, kamarampi, entre outros.




  • Origens e usos tradicionais:


O uso da bebida está tão enraizado nas culturas descendentes de tribos e civilizações indo-americanas pré-colombianas, que sua origem, estima-se, remonta a épocas pré-históricas, com estudiosos chegando a estabelecer algum período por volta de 3000 a.c. Crê-se, no entanto, que o primeiro uso da bebida foi feito com o extrato apenas dos princípios ativos do cipó, com adição posterior das folhas ricas em DMT.
Há relatos por parte de colonizadores espanhóis e portugueses durante o século XVI, de bebidas nas culturas indígenas as quais chamavam de “poções diabólicas”, que causavam alucinações faziam a pessoa perder a razão e a colocavam em contato com o “demônio” que vivia na planta.
Em tribos indígenas espalhadas pela América do Sul seu uso ainda é feito envolvido em simbologias e ritualísticas próprias de cada uma delas, com propósitos gerais de cura, percepção do “mundo invisível” dos espíritos e comunicação com os mesmos, e de aprendizado.
Os Kaxinawá, por exemplo, chamam a bebida de “nixi pae” e sua ingestão permite a visão da realidade sutil, a percepção do “espirito da natureza” e da igualdade entre os humanos, além de ser responsável pela preparação para a morte e dar força para a luta espiritual.
Os Piro a conhecem como “Kamarampi”, que revela o mundo que “seres poderosos” escondem das pessoas, está ligada à cura e prevenção da morte e ao conhecimento adquirido através dos espíritos.
Para os Siona, o mundo é dividido em uma parte visível e outra invisível, e a realidade ordinária é afetada pelas forças invisíveis tanto para o bem, quanto para o mal. É necessário conviver com estas forças e tentar influenciá-las, um trabalho feito pelo xamã através da bebida que chamam de “iko”. O uso não é restrito ao xamã, no entanto.
Muitas outras tribos também fazem uso da Ayahuasca.




  • Efeitos fisiológicos:


São relatados, durante a experiência, sintomas como sudorese, aumento da dilatação das pupilas, assim como dos ritmos cardíacos, respiratórios e da pressão arterial. Durante o efeito do chá, no entanto, essas sensações podem oscilar, especialmente levando em conta a preparação do chá, a posologia de cada ingrediente e o possível acréscimo de alguns outros. Efeitos comuns relatados durante a experiência são a queda no ritmo metabólico e de sinais vitais, sensação de frio, náusea e diarreia.




  • Efeitos cognitivos e experiências espirituais:


Entre os efeitos iniciais estão a visão de fosfenos, sensação de leveza, perda da noção de limites físicos e de tempo. Aumento de percepção sensorial e sensibilidade emocional. Durante esta fase o usuário geralmente percebe as visões (mirações) como expressões internas, não sobrepostas à realidade. Em usuários inexperientes, as alterações físicas junto com o aumento na intensidade de sua percepção, podem causar uma sensação de pânico e perda de controle.
A médio prazo, durante a experiência, se intensificam as sensações de empatia e sugestionabilidade por parte do usuário. Dependendo da dose tomada, experimenta-se dificuldade em distinguir contornos visuais e de manter o equilíbrio físico, além da possibilidade de ouvir distorções sonoras e a percepção das visões como manifestações externas à mente, sobrepostas à realidade concreta.
Quanto à natureza das mirações e experiências espirituais, dependem predominantemente do contexto em que o chá é tomado. Na grande maioria das vezes, as visões são determinadas pelo sistema de crenças adotada pelo usuário, o ambiente físico onde está (cenário, iluminação, sons), direcionamento do ritual (se houver algum) e as pessoas com quem compartilha a experiência. Alguns elementos comuns, no entanto, são a sensação de voo e separação entre espirito e corpo (projeção astral); encontro com seres e entidades de algum sistema mitológico/religioso; visão de animais como cobras, jaguares, insetos, etc.; sensação de contato com outros mundos e outros níveis de realidade, geralmente acompanhas de uma sensação do “indizível” (a crença na incapacidade de relatar o que vivencia, em especial para pessoas que nunca passaram por esse tipo de experiência); lembrança de acontecimentos remotos ou que se acreditavam esquecidos, com a possibilidade de regressão a vidas passadas; mediunidade.




  • Atualmente:


Diversos grupos surgiram no decorrer do último século voltados para o uso da ayahuasca, especialmente após a formação, pelo Mestre Raimundo Irineu Serra da “seita” do Santo Daime por volta do início dos anos de 1930, misturando elementos indígenas tradicionais com crenças cristãs católicas.
Outros grupos proeminentes que tem como centro de suas práticas a ingestão da ayahuasca como a União do Vegetal, grupo criado nos anos de 1960 pelo Mestre Gabriel (José Gabriel da Costa), que traz em suas crenças símbolos, cerimonias e elementos de diversas outras culturas, como o cristianismo, crenças de matriz africana, conhecimentos indígenas e kardecismo.  A UDV, como é conhecida, é responsável por diversas pesquisas de cunho cientifico que enriqueceram os conhecimentos sobre os efeitos da bebida e seus componentes, em especial usos positivos na área médica em tratamentos físicos e psicológicos.
Há também a Barquinha (Centro Espírita e Culto de Oração Casa de Jesus Fonte de Luz), que ainda é restrito ao estado do acre. Se caracteriza por ser a única das três linhas tradicionais de uso da Ayahuasca que não fazem uso da bebida em todos os rituais, e tem participantes que não o tomam.
Existem diversas vertentes originadas dessas linhas tradicionais, além de grupos espiritualista independentes que usam a ayahuasca como um instrumento cerimonial, mas não como centro de suas atividades.




  • Contra Indicações:

É sempre importante discutir com um médico o uso de substâncias que alterem tão dramaticamente o funcionamento fisiológico e psicológico, especialmente para ter conhecimento sobre interações medicamentosas, além de ter os exames de rotina em dias. As principais contraindicações no caso de distúrbios fisiológicos do uso do chá são para pessoas que têm problemas cardíacos ou circulatórios como hiper ou hipotensão, assim como doenças cerebrovasculares. Há contraindicação também para pessoas com problemas psiquiátricos, como esquizofrênicos ou com transtorno bipolar. É preciso ter cuidado com interações medicamentosas, especialmente com remédios de uso crônico e psiquiátricos. Tomar ayahuascas no intervalo menor de cinco semanas após interromper o uso de inibidores seletivos de serotonina (Prozac/fluoxetina, por exemplo), pode levar a um quadro de síndrome serotoninérgica, com riscos claros de coma e óbito. Fora estes fatores, a ayahuasca é considerada relativamente segura em seu uso e não causa dependência química.



PS.: Uma referencia que gostaria de colocar aqui pois foi muito importante na pesquisa e por ter um ótimo conteúdo, bastante completo, é o artigo de 2010, "A Ayahuasca e Seus Usos Culturais", do Mestre em Antropologia pela Universidade Federal Fluminense, Daniel Martinez de Oliveira.

_________________
O propósito do Guerreiro é a paz.
avatar
Aarin Federleicht
Estudioso

Mensagens : 50
Data de inscrição : 21/02/2015
Idade : 24
Localização : Salvador

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Neo em Seg Jul 20, 2015 11:18 am

Olá a todos, desculpem o sumiço, mas as coisas estavam corridas.

bom, vamos ao que interessa!


O yahuasca é uma bebida, em linguagem mágicka poção, formada a partir de duas plantas, sendo uma delas um cipó(mariri) e a outra um arbusto(chacrona).
Sabemos que cipó é um nome comum a vários tipos de plantas, geralmente trepadeiras, no caso do mariri ele cresce se utilizando de outras plantas como suporte, este ato de escalar o torna uma planta relacionada ao elemento AR. O AR é um elemento mental, não o vemos, apenas o sentimos, isso faz com que o AR se manifeste para nós como uma ideia. A segunda planta sendo um arbusto está relacionada à TERRA(independente do elemento da espécie), que representa a matéria física, seria a conclusão de uma ideia, pensamento e ação. Estas duas plantas unidas nos presenteiam com esta mistura mágicka, um SOLVE et COAGULA.
O yahuasca une o AR e a TERRA, ou seja, une MENTE e MATÉRIA, nos permitindo uma visão privilegiada dos "bastidores" da vida.
O plano mental é uma película fina entre o plano físico e o plano espiritual, nossa melhor chance de entender o que acontece do outro lado, conhecendo a nós mesmos e a Deus simultaneamente. O ato de conhecer um pouco da sua própria mente antes de uma experiência como a do Santo Daime o ajudará bastante na hora de compreender o simbolismo da mensagem recebida, pois embora na maioria das vezes enxerguemos a nós mesmos como seres físicos, somos extremamente mentais, assim como não podemos interagir com facilidade com o Espiritual sem a película mental, nunca interagimos desde o nascimento com a matéria propriamente dita, apenas com a interpretação mental que demos ao físico, tudo que existe precisa passar pela mente para ser interpretado. Conhece-te.

Eliphas Levi escreveu:Que conhece o homem, afinal? Nada, e todavia não se lhe permite ignorar nada.
avatar
Neo
Iniciado

Mensagens : 187
Data de inscrição : 05/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Malklord em Qua Jul 22, 2015 1:50 pm

Muito bom,

Vejo que estamos indo para o ponto correto,
A Ayahuasca como toda ferramenta pode nos conduzir a diversos caminhos,
O uso que daremos a ela é que fará a diferença,

Na verdade todas as plantas de poder tem por principio a correta utilização dentro de um contexto apropriado,

O mal uso leva a vícios (emocionais e químicos) e o que deveria ser um instrumento de libertação torna-se um instrumento de aprisionamento.

Digo isso pois faço uso das plantas de poder a mais de 8 e já vi muitos cairem nas tentações e na ilusão.
Ja vi homens queimarem mosteiros, rastejarem na lama e abusarem da expansão consciencial para cometer atos não dignos.

Aconselho a qualquer um o devido estudo da farmacodinamica antes do uso de qualquer planta de poder,
E sobretudo propósito firme.

Saudações!

Malklord:: M.'.I.'.P.'.A.'.

_________________
Malklord:: M.'.I.'.P.'.A.'.

Ominia in Unum

kabbalah, esoterismo , qliphoth , magia , ocultismo , celtas , força , wicca , verdade , ocultismo, occultismo, alquimia, sol, lua, astrologia, planetas, filosofia, sabedoria, busca, conhecimento, astrum argentum, arcanum arcanorum, hermetismo, religiões, cura, candomblé, umbanda, exu, orixás, anjos, demônios, deuses, forças da natureza, judeus, cristãos, Cristo, fogo, água, terra, ar, yin, yang, existencia, daemon, goetia, luz, escuridão, opostos, darkness, light, sun, moon, angels, michael, gabriel, rafael, adonai, mente, estudo, ciencia, meditação, force, grimoire, sabaoth,cernunos, mabon, graal, calice, arthur,artur,hermes,hermetico, alquimia, alchemy, pedra, filosofal, arcano, eliphas, levi, saint germain, fraternidade branca, sociedade teosifica, yggdrasil,ayahuasca, plantas de poder, Runas, rune, power, poder, hebraico, grego, grecia, roma, igreja
avatar
Malklord
Admin

Mensagens : 311
Data de inscrição : 15/08/2014

Ver perfil do usuário http://www.aemaeth.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Malklord em Qua Jul 22, 2015 1:59 pm

Gideon dos Lakotas escreveu:

PROCEDÊNCIAS E CUIDADOS

É a briga do espírito com a carne
Teu cérebro, ego, quer se impor
O cérebro é um excelente servo
Mas é um péssimo senhor
Domínio, e ele cumprirá a risca
As ordens de teu senhor

Tenha atenção irmão, agora vou lhe instruir
Se deseja um bom trabalho espiritual
Há coisas que precisa saber e sentir
Teu cérebro é totalmente visual
O ego é falação e raciocínio
Mas o silêncio da mente é fundamental

Nos trabalhos de consciência ampliada
Duas consciências em ti irá se manifestar
Uma tagarela, que tudo quer te explicar
A outra é serena, centrada e sem temor
A tagarela é o ego tridimensional
E a silenciosa é o teu eu superior

É a briga do espírito com a carne
Teu cérebro, ego, quer se impor
O cérebro é um excelente servo
Mas é um péssimo senhor
Domínio, e ele cumprirá a risca
As ordens de teu senhor

Você não é o ego, a LUZ é a tua natureza
És o manifesto do DEUS verdadeiro
Use a vontade poderosa da alma
O ego foge adiante do espírito guerreiro
Mas esteja sempre em vigília pois ele tentará
deitar por último e levantar primeiro
Após ayahuasca, a batalha vai se intensificar
Estou mal, caiu minha pressão,
Vou morrer, minha respiração vai parar
Que calor, que frio, não bate o meu coração
São peças que te prega o cérebro
Para lhe tirar da seção

É a briga do espírito com a carne
Teu cérebro, ego, quer se impor
O cérebro é um excelente servo
Mas é um péssimo senhor
Domínio e ele cumprirá a risca
As ordens de teu senhor

Agora me ouça filho, com toda a tua atenção
Sigas a minha instrução
Sente com a coluna ereta
Sobre os joelhos ponha tuas mãos
Respire lenta e profundamente 03 vezes
E esforce-se na concentração

Para o teu cérebro se calar
Concentra-se na tua audição
Em ouvir a música a tocar
Que silenciará a falação
A mente serena vai te tomar
Em seguida virá a miração

O daime faz a conexão
entre a mente e o coração
mas precisa estar relaxado
para receber instrução
Te aquiete e silencia
Cesse a movimentação

É a briga do espírito com a carne
Teu cérebro, ego, quer se impor
O cérebro é um excelente servo
Mas é um péssimo senhor
Domínio e ele cumprirá a risca
As ordens de teu senhor

Todos temos pontos fracos
Teu cérebro te conhece, é racional e razão
E astuto, vasculhará tua memória
Com sutileza, forjará situação
Tentando enganar e confundir
Para que saia da seção

firmeza na decisão, de na seção permanecer
Sereno calmo e tranquilo
aos tormentos do ego, resistir e não ceder
conquistar teu auto domínio
senhor de si mesmo vai ser
Como sol terá teu brilho

Cuidado com os trabalhos que fortalece o ego
E lhe tira da luz do astral
Se dizendo espiritualizados
Promovem um grande mal
Este alerta agora lhe dou
Como instrução espiritual

Mudar o nome para daime, Iagé ou vegetal
Não deixa de ser a ayahuasca divina
Mudar o nome para santa clara
Não deixa de ser cocaína
Mudar o nome para santa maria
Não deixa de ser a canabis sativa

Quem se droga, foge da realidade
Se drogando ninguém se ilumina
Mestre Irineu nunca usou drogas
Nem com o nome de santa maria
1 Corintio 6:10
Na bíblia o Irineu indica

Maconha como santa maria
Tem quem diz ser um tesouro
Mas você a daria aos teus filhos
Ou só aos filhos dos outros?
Vicia e te leva a outras drogas
Caminho de um sumidouro

Deixe a ilusão meu filho
desperte o guerreiro interior
se transforme em homem vontade
espelho do DEUS criador
Vença as paixões do coração
E de si mesmo será senhor

Existe as plantas medicinais
Com designo curativo
Mas usada da forma errada
Danifica e lhe põe vício
Mata neurônios e fecha teus chácras
Rebaixa a frequência do espírito

Cuidado com trabalhos que fortalece o ego
E lhe tira da luz do astral
Se dizendo espiritualizados
Promovem um grande mal
Este alerta agora lhe dou
Como instrução espiritual

É a briga do espírito com a carne
Teu cérebro, ego, quer se impor
O cérebro é um excelente servo
Mas é um péssimo senhor
Domínio, e ele cumprirá a risca
As ordens de teu senhor

Honrar DEUS PAI e ser deus filho
Questão de responsabilidade
Já nasceu destinado a ser luz
E com toda capacidade
Superar qualquer obstáculo
É vontade e tenacidade

Mestre Jesus, nosso irmão mais velho
Já foi pequeno como tu
Honrou DEUS PAI e se tornou deus filho
Hoje é gigante, uno com a LUZ
É dele estes ensinamentos
Mas tua escolha te conduz

É a briga do espírito com a carne
Teu cérebro, ego, quer se impor
O cérebro é um excelente servo
Mas é um péssimo senhor
Domínio, e ele cumprirá a risca
As ordens de teu senhor


_________________
Malklord:: M.'.I.'.P.'.A.'.

Ominia in Unum

kabbalah, esoterismo , qliphoth , magia , ocultismo , celtas , força , wicca , verdade , ocultismo, occultismo, alquimia, sol, lua, astrologia, planetas, filosofia, sabedoria, busca, conhecimento, astrum argentum, arcanum arcanorum, hermetismo, religiões, cura, candomblé, umbanda, exu, orixás, anjos, demônios, deuses, forças da natureza, judeus, cristãos, Cristo, fogo, água, terra, ar, yin, yang, existencia, daemon, goetia, luz, escuridão, opostos, darkness, light, sun, moon, angels, michael, gabriel, rafael, adonai, mente, estudo, ciencia, meditação, force, grimoire, sabaoth,cernunos, mabon, graal, calice, arthur,artur,hermes,hermetico, alquimia, alchemy, pedra, filosofal, arcano, eliphas, levi, saint germain, fraternidade branca, sociedade teosifica, yggdrasil,ayahuasca, plantas de poder, Runas, rune, power, poder, hebraico, grego, grecia, roma, igreja
avatar
Malklord
Admin

Mensagens : 311
Data de inscrição : 15/08/2014

Ver perfil do usuário http://www.aemaeth.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Neo em Seg Ago 10, 2015 10:48 pm

Algumas considerações...

Lembro que há pouco tempo atrás esbarrei com uma dessas notícias infelizes que lotam as redes sociais,
onde um homem havia morrido após ter sido vitima de um "feitiço". Nesta notícia os médicos diziam que não
havia magia alguma, pois o homem havia morrido vítima de uma falha em sua saúde mesmo, descartando qualquer indício de
algo sobrenatural. Se a notícia era verdadeira, não posso responder e nem ao menos isso é relevante nesta postagem.
Apenas citei o caso, pois ele me abriu os olhos para a visão profana sobre a magia.
Para os leigos a magia é quando alguém desobedece todas as leis do Universo para alcançar determinado resultado, para
os médicos que citei, por exemplo, o homem deveria ter uma morte inexplicável para que pudesse abrir espaço para a mera
hipótese de um envolvimento mágicko. Quando na verdade como já citei em outra postagem a magia não envolve o ato de agir
diretamente sobre um alvo.
Papus escreveu:muitos supõem que magia é a arte de fazer mover fiacres sem cavalos ou, traduzindo em
linguagem um pouco mais elevada, de agir sobre a matéria pela vontade e sem intermediários de espécie
alguma. ... Observastes que o cavalo é mais forte que o cocheiro e que, por meio das rédeas, o cocheiro
domina a força bruta do animal que ele conduz? O cocheiro representa a inteligência e, sobretudo, a
VONTADE, o que governa todo o sistema ... A carruagem representa a matéria, o que é inerte ... O cavalo
representa a força.
Obedecendo ao cocheiro e atuando sobre a carruagem, o cavalo move todo o sistema. [O Cavalo] é o
princípio motor ... elo intermediário entre a carruagem e o cocheiro, elo que prende o que suporta
(matéria) ao que governa (pensamento, inteligência). [Em outras palavras] ... O cocheiro é a VONTADE
HUMANA, o cavalo é a VIDA (FORÇA VITAL) ... sem a qual o cocheiro não pode agir sobre a
carruagem.
Um mago apenas tem uma visão privilegiada das engrenagens que movimentam este grande relógio,
estamos falando de uma ciência, não agimos diretamente nos ponteiros, mas nas engrenagens, todos
estamos sujeitos as mesmas leis. Por essa razão o feiticeiro que deseja o mal não pode simplesmente
causar uma morte, pois a morte é efeito e não causa, e como nos fala o hermetismo:
“Toda causa tem seu efeito; todo efeito tem sua causa; todas as coisas acontecem de acordo com a Lei;
o acaso é simplesmente um nome dado a uma lei não reconhecida; há muitos planos de casualidade,
mas nada escapa à Lei.”

Mas este feiticeiro, mesmo sendo incapaz de causar a morte de alguém, pode alcançá-la por meio de uma causa,
que nem ao menos precisa ser especificada no ritual magicko, pois tanto a mente como o Universo tem uma ideia
pré concebida de como ocorrerá.
Este erro de interpretação mágicka não deve ser julgado, pois a esfinge possui muitos olhos em suas asas, ou seja, muitos
pontos de vista, o homem que abraça seu objeto de interesse terá mais conhecimento acerca dele que um homem
que sabe apenas o que ouviu, pois abraçou a outro objeto se tornando tão bom quanto o primeiro só que em outro assunto, um maratonista
jamais deve ser julgado através de comparações com um lutador, são áreas diferentes. Mas acredito que estejam se perguntando
o que este assunto está fazendo neste tópico, pois bem responderei a esta questão.

As vezes mesmo quando abraçamos determinado assunto deixamos passar alguns detalhes, somos humanos e nos distraímos, cometemos
erros, eu mesmo postei sobre coisas que na verdade eram equívocos, alguns deles consertei, outros ainda nem percebi e assim funciona com todo mundo, o conhecimento sempre deve ser atualizado.
Nesta semana recebi um texto sobre ayahuasca, um texto não só bom por explicar sobre a bebida, mas também por vir de uma pessoa que não está apenas especulando, pois a autora do texto faz uso da mistura, porém como tudo que provém da nossa espécie, há alguns errinhos que eu gostaria de esclarecer aqui no fórum.

Com uma questão recorrente que vi várias pessoas questionarem ao longo dessa estrada.

AYAHUASCA É UMA DROGA?

Sim, Ayahuasca é uma droga, mas uma droga natural e que pode ser utilizada para acessar o plano Mental de uma forma mais profunda e vívida  por ainda estarmos acordados, uma poção que causasse os efeitos que o Daime causa sem ser uma droga seria, como citei acima, efeito sem causa, pelo menos dentro do plano físico. As visões durante o processo são também o que as pessoas chamam de alucinações, mas nem por isso falsas imagens, estamos entrando em contanto com aspectos da nossa mente que na verdade são reflexos de aspectos espirituais presentes em todas as camadas do Universo, a Unidade presente em tudo. O Deus espiritual pode ser acessado através do Deus mental, não busquem respostas prontas, mas saibam interpretar por si mesmos quando olham para imagens como essa, forma e sombra.

Como sabem estudo e pratico Alquimia. Um alquimista extrai da Materia Prima o Enxofre, o Mercúrio e o Sal, porém poderá extrair similares destes três de qualquer outra coisa, até mesmo uma laranja, por exemplo, possui um enxofre, um mercúrio e um sal que não são aqueles mesmos que no fim das operações geram a Pedra Rubra, mas reflexos deles, uma onipresença capaz de habitar todas as matérias simultaneamente tendo uma origem sagrada e primordial.
O conceito de droga também é bastante equivocado, isso porque as pessoas precisam aprender a dar novos significados a velhos nomes, as drogas causam efeitos sobre a mente e estes efeitos podem ser de grande valia para aqueles que sabem aproveitar, é claro que me refiro à drogas naturais que possuem o equilíbrio correto do Enxofre, Mercúrio e Sal vegetais, fungicos, etc. Assim como também me refiro ao uso elevado e não recreativo destas drogas. As drogas criadas por Homens são muito voláteis devido ao desequilíbrio de seus elementos, para que algo útil seja criado nesta área é necessário um conhecimento privilegiado do criador acerca dos elementos tríplices e suas disposições e dosagens.
Lembrando que toda droga vicia, tudo que nos retira do cotidiano vicia aqueles que não possuem controle sobre o direcionamento dos desejos, o uso das drogas deve ser restringido apenas às práticas elevadas, para que mude sua natureza construtiva para destrutiva.
avatar
Neo
Iniciado

Mensagens : 187
Data de inscrição : 05/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Malklord em Ter Ago 11, 2015 1:27 am

Rsrs,

Conheço Daimistas que o colocariam na fogueira por algumas informações que vc disse. Mas prefiro o termo de substância psicoativa à Droga, até porque existe uma egregora relacionada ao nome que nivela a Bebida a algo vulgar e leviano, apesar de saber que q definição Droga não interfere nas suas propriedade e usus espirituais. Mas OK contribuição válida,.

malklord

_________________
Malklord:: M.'.I.'.P.'.A.'.

Ominia in Unum

kabbalah, esoterismo , qliphoth , magia , ocultismo , celtas , força , wicca , verdade , ocultismo, occultismo, alquimia, sol, lua, astrologia, planetas, filosofia, sabedoria, busca, conhecimento, astrum argentum, arcanum arcanorum, hermetismo, religiões, cura, candomblé, umbanda, exu, orixás, anjos, demônios, deuses, forças da natureza, judeus, cristãos, Cristo, fogo, água, terra, ar, yin, yang, existencia, daemon, goetia, luz, escuridão, opostos, darkness, light, sun, moon, angels, michael, gabriel, rafael, adonai, mente, estudo, ciencia, meditação, force, grimoire, sabaoth,cernunos, mabon, graal, calice, arthur,artur,hermes,hermetico, alquimia, alchemy, pedra, filosofal, arcano, eliphas, levi, saint germain, fraternidade branca, sociedade teosifica, yggdrasil,ayahuasca, plantas de poder, Runas, rune, power, poder, hebraico, grego, grecia, roma, igreja
avatar
Malklord
Admin

Mensagens : 311
Data de inscrição : 15/08/2014

Ver perfil do usuário http://www.aemaeth.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Neo em Ter Ago 11, 2015 1:56 pm

Malklord escreveu:Rsrs,

Conheço Daimistas que o colocariam na fogueira por algumas informações que vc disse.

As coisas dificilmente mudam. rssr

Malklord escreveu:Mas prefiro o termo de substância psicoativa à Droga, até porque existe uma egregora relacionada ao nome que nivela a Bebida a algo vulgar e leviano, apesar de saber que q definição Droga não interfere nas suas propriedade e usus espirituais. Mas OK contribuição válida,.

Concordo, substância psicoativa é mesmo um nome mais bonito.
o que não podemos é substituir o significado da coisa em si, que é muito mais importante que nomes.
Aos daimistas que agora me cercam com tochas devo apenas lembrar que o Espiritual, Mental e Físico estão sempre unidos,
o que no Espiritual é a aproximação do divino, no Mental é a expansão da consciência e no físico um delírio.
Os conceitos de "Plano Espiritual" e "Plano Físico" sempre foram fáceis de ser distinguidos, já o "Plano Mental" é de fácil confusão, às vezes
parece físico, às vezes espiritual, apenas com o tempo pegamos o jeito.
Não pensem na palavra DROGA ou AYAHUASCA, pensem na coisa em si e na sua existência tripla.
avatar
Neo
Iniciado

Mensagens : 187
Data de inscrição : 05/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Guapo em Ter Ago 11, 2015 1:59 pm

Droga... É uma classificação bem abrangente... e não deixa de ser uma droga mesmo.

A palavra esta mesmo um tanto deturpada... é vista geralmente como algo ruim (ofensivo para certas pessoas).

Eu faço uso de drogas:
Remédios (são drogas licitas)... Farmácias são drogarias.
Cigarro = droga.
Bebidas alcoólicas = droga.

Já fiz uso de DMT - Este sim é interessante... proporciona experiências marcantes.
Psilocibina também - Bons efeitos... menos potentes que o DMT.
Cannabis - Esta só vejo uso recreacional como o álcool.

Usei estas substancias para teste.
O Problema não estão em nomes... E sim na prepotência de alguns seres humanos restringirem plantas que crescem na natureza (Não sou a favor de drogas sintéticas ou modificadas).
avatar
Guapo
Estudioso

Mensagens : 43
Data de inscrição : 12/03/2015
Idade : 26
Localização : RS

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Neo em Ter Ago 11, 2015 2:44 pm

S.M. escreveu:A palavra esta mesmo um tanto deturpada... é vista geralmente como algo ruim (ofensivo para certas pessoas).
Exatamente. Acaba se tornando um tabu e tabus como este geram egrégoras bem sombrias.
Mas na nossa área ser barrado por conceitos deturpados não é o melhor caminho. Somos buscadores e seguimos sempre adiante, vale lembrar do assustador Baphomet que afasta os profanos dos caminhos iniciáticos ao mesmo tempo que se desfaz em sabedoria nas nossas mãos.
Todas as coisas são mistérios temíveis e quem as conhece verdadeiramente em significado e essência as domina, por essa razão o deus Rá escondia seu nome(essência) de Ísis, pois sabia que se ela o conhecesse verdadeiramente teria controle sobre ele e seu trono, como de fato acabou acontecendo.
Ao meu ver o uso recreativo de qualquer droga não só a profana como confunde ainda mais os processos espirituais dos usuários. O Álcool é bastante conhecido por queimar e suas características mentais e espirituais não são muito diferentes, seu uso deve servir apenas para misturas, pois é muito agressivo em bebidas. A cannabis era utilizada entre outros elementos nos incensos dos alquimistas e magos árabes em rituais de estados alterados de consciência.
Drogas sintéticas ou modificadas esqueça, não há magos nesse ramo desde que Alexander 'Sasha' Shulgin morreu.
avatar
Neo
Iniciado

Mensagens : 187
Data de inscrição : 05/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Malklord em Ter Ago 11, 2015 7:54 pm

Concordo senhores,

Nomes são coisas importantes e conforme abordamos determinadas coisas podemos ser mal compreendidos por olhos profanos.
Entendo que este espaço é o melhor para colocarmos nossas ideias e debatermos até a ultima gota cada assunto,

Falei dos Daimistas o colocariam na fogueira pois já vi debates simples acabarem em quase ofensas calorosas por palavras colocadas de forma franca.

Mas compreendo e entendo a natureza das coisas, inclusive tem uma tribo que se não me engano se chama Araweté que sua forma de contato com os espíritos dos antepassados se faz por uma bebida fermentada de milho (álcool).

O problema não está na coisa em só o problema está na interpretação equivocada das coisas e a consequente profanação dos conhecimentos sagrados.

E fico feliz que minha simples colocação tenha gerado tal participação, acho que o franco debate fortalece convicções, lapida as ideias e esclarece os ignorantes.

Saudações!

Malklord.

_________________
Malklord:: M.'.I.'.P.'.A.'.

Ominia in Unum

kabbalah, esoterismo , qliphoth , magia , ocultismo , celtas , força , wicca , verdade , ocultismo, occultismo, alquimia, sol, lua, astrologia, planetas, filosofia, sabedoria, busca, conhecimento, astrum argentum, arcanum arcanorum, hermetismo, religiões, cura, candomblé, umbanda, exu, orixás, anjos, demônios, deuses, forças da natureza, judeus, cristãos, Cristo, fogo, água, terra, ar, yin, yang, existencia, daemon, goetia, luz, escuridão, opostos, darkness, light, sun, moon, angels, michael, gabriel, rafael, adonai, mente, estudo, ciencia, meditação, force, grimoire, sabaoth,cernunos, mabon, graal, calice, arthur,artur,hermes,hermetico, alquimia, alchemy, pedra, filosofal, arcano, eliphas, levi, saint germain, fraternidade branca, sociedade teosifica, yggdrasil,ayahuasca, plantas de poder, Runas, rune, power, poder, hebraico, grego, grecia, roma, igreja
avatar
Malklord
Admin

Mensagens : 311
Data de inscrição : 15/08/2014

Ver perfil do usuário http://www.aemaeth.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Nienna em Qua Ago 12, 2015 12:07 am


S.M. escreveu:.
Cannabis - Esta só vejo uso recreacional como o álcool.

Concordo com você quanto ao Alcool, e pelo menos para mim ele atua de forma bastante negativa, visto que desequilibra (muito) as energias.

A Cannabis por outro lado pode não proporcionar o numinoso, mas tem suas propriedades físicas. Pode não agir no espiritual (pelo menos para alguns), mas no físico/mental ela tem seus benefícios, principalmente no combate a ansiedade.
Contudo, como qualquer outra substância, não pode servir de muleta, pois corre-se o risco de atrofiar as pernas. Wink
avatar
Nienna
Estudioso

Mensagens : 42
Data de inscrição : 03/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Nienna em Qua Ago 12, 2015 12:58 am

Malklord escreveu:
Gideon dos Lakotas escreveu:

É a briga do espírito com a carne
Teu cérebro, ego, quer se impor

A propósito, essa música nunca mais saiu da minha cabeça, visto que nessa sentença há uma grande verdade.

Quando se abre as portas que mantem os três planos separados, algumas coisas saltam a luz. O que estava oculto torna-se revelado e o revelado torna-se ainda mais claro.

De forma bastante resumida, na psicanálise, a sombra é o arquétipo que reúne todas as nossas facetas rejeitadas pelo consciente. A persona non grata sob cujo manto escuro se aninham todos as figuras repugnantes que muitas vezes projetamos nos demais (sem saber que nos pertencem mais do que a qualquer pessoa). É através do recalque (Sim, o emprego da gíria recalcada, no final das contas não está de todo errado. kkk) que as ideias contrárias ao ego são empurradas para algum lugar da mente, longe do "olhar" atento de nós mesmos, podendo retornar vez ou outra para nos assustar.

Num processo semelhante ao sonho, sob o efeito da Ayahuasca estas figuras vem à tona, personificadas ou sob a forma de símbolos. A diferença é que com a Ayahuasca estes símbolos são impregnados de uma gigantesca energia. Estavam ocultos e vieram à luz.

Mas nem tudo são trevas, pois a mesma porta que permite a passagem das sombras, permite a passagem da luz. Esta lhe indicará a direção a seguir.

Não entrarei em detalhes aqui, visto que trata-se de uma experiência única e pessoal. Ou como diz o ditado, pau que dá em chico não dá em francisco. Mas deixo um conselho que recebi e que gostaria de passar aos que pretendem ter a sua primeira experiência com a Ayahuasca:

No decorrer do processo, muitas coisas lhes serão mostradas. Questione-se apenas se lhes são úteis ou não. Vão lhe acrescentar em alguma coisa? Se sim, observem, sigam, aprendam. Se não, deixem passar e fixem a mente no que realmente importa.

Não sou a voz da experiência nesse tema, há aqui alguém que sabe muito mais. Mas arrisquei dar a vocês o conselho que recebi e que foi muito útil para mim. Espero ter feito a minha parte para ajudar.


Última edição por Nienna em Qua Ago 12, 2015 1:00 am, editado 1 vez(es)
avatar
Nienna
Estudioso

Mensagens : 42
Data de inscrição : 03/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Neo em Qua Ago 12, 2015 12:58 am

Nienna escreveu:
Contudo, como qualquer outra substância, não pode servir de muleta, pois corre-se o risco de atrofiar as pernas. Wink

Cool

Cannabis é uma planta que divide sua regência com Saturno e Marte, pra quem conhece a Astrologia sabe o que isso significa
Saturno é a personificação do tempo e Marte é o movimento. Recorremos então ao dueto de Adolfo e o Ancião escrito por Basilio Valentim
em seu tratado Azoth. O Jovem Adolfo encontra próximo à uma árvore um velho Ancião e durante várias páginas lemos o diálogo entre os dois aprendendo a cerca dos aspectos destes dois arquétipos
Enquanto Saturno é meditativo, Marte é atitude, é solver e coagular, por essa razão Marte é a queda de Saturno, pois ele deixará sua natureza meditativa e se converterá em ação. Trata-se de um ponto de ignição. Saturno é a terra escura e vazia do gênese e Marte o Verbo que deu início
a tudo. A Cannabis gera a tranquilidade do velho sábio e a alta atividade de Marte, o riso solto os sonhos de um adolescente delirante. Por fim vem a famosa larica que não preciso lembrar a quem pertence.
Se bem utilizada poderia ser uma ferramenta interessante na eliminação de muitos aspectos negativos pertencentes a Saturno no Mapa Astral do usuário, tudo parte da maneira e proposito no qual é empregada. Todos estes aspectos tornam a famigerada maconha uma planta de transformação.

avatar
Neo
Iniciado

Mensagens : 187
Data de inscrição : 05/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Nienna em Qua Ago 12, 2015 1:09 am

Neo escreveu:Por fim vem a famosa larica que não preciso lembrar a quem pertence.

Pq a larica nem sempre é de alimento. Não a toa o ato de adquirir passou a ser chamado, dentro do nosso sistema econômico, de consumir.

Consumir é basicamente colocar para dentro, uma tentativa desesperada de fazer conter o mundo dentro de si.

Pena que nem todo mundo se pergunta de onde vem essa ânsia. O que lhe falta? Pq se sente na necessidade da fagia? Rsrs

Há realmente muita coisa a ser trabalhado com Saturno.
avatar
Nienna
Estudioso

Mensagens : 42
Data de inscrição : 03/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Malklord em Qua Ago 12, 2015 11:25 pm

Como vemos as forças estão ao nosso dispor,
A cada um é dado a oportunidade de cultivar e trilhar o caminho das plantas de poder,

No entanto, como já foi dito a dependência não pode ser apenas química das substâncias, mas psicológicas e/ou espirituais.

Conheço pessoas que tomam Ayahuasca a anos e não conseguem alcançar algo senão sob seus efeitos,
Sim uso a palavra alcançar pois ela me é muito familiar na tradição Kabbalistica.

Segundo os Sábios de Abençoada Memória, tudo está ao nosso dispor, basta que tenhamos a intenção correta para alcançarmos o degrau vibracional da escada evolutiva.

Chegará um tempo que não se farão necessários artifícios e/ou muletas psicológicas para alcançarmos o divino, no entanto algumas pessoas precisam de um empurrãozinho para despertar...
Haja vista um de nossos membros que acredito (isso é uma opinião pessoal, não compartilhada) que a planta de poder o ajudou a mergulhar profundamente em suas aptidões. Foi a fagulha inicial para o combustível inerente...


E quanto a fome... bem isso é mais do que consumir, a raiz é mais profunda e está no cerne da natureza humana... ela corresponde a diversos aspectos da personalidade e pode estar disfarçada pela ânsia de servir ao próximo (um grau elevado de ânsia, mais ainda assim uma fome).

Mas voltando às plantas, são 8 anos e meio trilhando o caminho das plantas de poder e posso lhes dizer que hoje eu poderia parar e não haveria prejuízos à caminhada, mas acho que deixaria de vivenciar coisas que ainda acredito serem importantes no atual estágio evolutivo.

Recomendo a todos aqueles que tem a mente aberta e o anseio por mergulhar em si sem os véus e mascaras que nos auto impomos, o retorno é com certeza gratificante.

Saudações!

Malklord

_________________
Malklord:: M.'.I.'.P.'.A.'.

Ominia in Unum

kabbalah, esoterismo , qliphoth , magia , ocultismo , celtas , força , wicca , verdade , ocultismo, occultismo, alquimia, sol, lua, astrologia, planetas, filosofia, sabedoria, busca, conhecimento, astrum argentum, arcanum arcanorum, hermetismo, religiões, cura, candomblé, umbanda, exu, orixás, anjos, demônios, deuses, forças da natureza, judeus, cristãos, Cristo, fogo, água, terra, ar, yin, yang, existencia, daemon, goetia, luz, escuridão, opostos, darkness, light, sun, moon, angels, michael, gabriel, rafael, adonai, mente, estudo, ciencia, meditação, force, grimoire, sabaoth,cernunos, mabon, graal, calice, arthur,artur,hermes,hermetico, alquimia, alchemy, pedra, filosofal, arcano, eliphas, levi, saint germain, fraternidade branca, sociedade teosifica, yggdrasil,ayahuasca, plantas de poder, Runas, rune, power, poder, hebraico, grego, grecia, roma, igreja
avatar
Malklord
Admin

Mensagens : 311
Data de inscrição : 15/08/2014

Ver perfil do usuário http://www.aemaeth.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Guapo em Qui Ago 13, 2015 1:14 pm

Nienna escreveu:
A Cannabis por outro lado pode não proporcionar o numinoso, mas tem suas propriedades físicas. Pode não agir no espiritual (pelo menos para alguns), mas no físico/mental ela tem seus benefícios, principalmente no combate a ansiedade.
Contudo, como qualquer outra substância, não pode servir de muleta, pois corre-se o risco de atrofiar as pernas. Wink

Com certeza é um ótimo ansiolítico... e ainda também serve para confecção de tecidos... e para pessoas que sofrem de problemas de saúde com os de Morgan Freeman ( Arrow aqui)

Neo, lembro que tempos atrás que disse que havia a possibilidade alquimica de alterar a cannabis para solar... sabe de alguma maneira de isso ser possivel?

Vou compartilhar um ótimo texto que se encaixa bem aqui (é sobre o consumo indevido de drogas):

Arrow Um Ensaio sobre o Vicio

Att,
avatar
Guapo
Estudioso

Mensagens : 43
Data de inscrição : 12/03/2015
Idade : 26
Localização : RS

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Neo em Qui Ago 13, 2015 2:45 pm

S.M. escreveu:
Neo, lembro que tempos atrás que disse que havia a possibilidade alquimica de alterar a cannabis para solar... sabe de alguma maneira de isso ser possivel?
É verdade, a alquimia pode mudar a regência das plantas, mas há pouco material sobre isso. Pretendo testar uma hora dessas de forma intuitiva com base nas operações comuns.
avatar
Neo
Iniciado

Mensagens : 187
Data de inscrição : 05/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Guapo em Sex Ago 14, 2015 10:20 am

Perfeito... nada melhor que experimentação na pratica.
E nada melhor que contar com a intuição... em certos casos intuição é um tipo de mediunidade.
avatar
Guapo
Estudioso

Mensagens : 43
Data de inscrição : 12/03/2015
Idade : 26
Localização : RS

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Malklord em Sex Ago 14, 2015 11:00 am

Sim intuição é uma porta que se abre para o conhecimento universal ou para os irmãos mais velhos.

_________________
Malklord:: M.'.I.'.P.'.A.'.

Ominia in Unum

kabbalah, esoterismo , qliphoth , magia , ocultismo , celtas , força , wicca , verdade , ocultismo, occultismo, alquimia, sol, lua, astrologia, planetas, filosofia, sabedoria, busca, conhecimento, astrum argentum, arcanum arcanorum, hermetismo, religiões, cura, candomblé, umbanda, exu, orixás, anjos, demônios, deuses, forças da natureza, judeus, cristãos, Cristo, fogo, água, terra, ar, yin, yang, existencia, daemon, goetia, luz, escuridão, opostos, darkness, light, sun, moon, angels, michael, gabriel, rafael, adonai, mente, estudo, ciencia, meditação, force, grimoire, sabaoth,cernunos, mabon, graal, calice, arthur,artur,hermes,hermetico, alquimia, alchemy, pedra, filosofal, arcano, eliphas, levi, saint germain, fraternidade branca, sociedade teosifica, yggdrasil,ayahuasca, plantas de poder, Runas, rune, power, poder, hebraico, grego, grecia, roma, igreja
avatar
Malklord
Admin

Mensagens : 311
Data de inscrição : 15/08/2014

Ver perfil do usuário http://www.aemaeth.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Guapo em Sex Ago 14, 2015 1:11 pm

Bem isso que ouvi de uma Yalorixa nesta ultima segunda feira quando conversávamos de dons mediúnicos.

Anjos da guarda, irmãos mais velhos, guias, etc... nomes diferentes mas a essência é a mesma.

Cool
avatar
Guapo
Estudioso

Mensagens : 43
Data de inscrição : 12/03/2015
Idade : 26
Localização : RS

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Aarin Federleicht em Qua Ago 19, 2015 11:53 pm

Neo escreveu:Não pensem na palavra DROGA ou AYAHUASCA, pensem na coisa em si e na sua existência tripla.

Quando eu era criança nada existia de mais interessante que aprender uma palavra nova. Muito pelo som, forma e pronuncia, mas, em certa medida, também por sua sensação e "peso" em minha língua. Era apaixonado pela Língua Portuguesa, me dedicava nas aulas, era implicante com os meus erros e os dos outros. Já crescido redescobri a velha paixão com o Inglês, aprendendo meio por acaso, por força das circunstâncias. O que me faz apaixonar desta vez foi justamente o conteúdo, o conceito representado por cada palavra, a maneira como esses conceitos se ligam e formam novos padrões de ideias e expressam visões surgidas totalmente da cultura dos falantes, da sua concepção de mundo.

Uma coisa muito importante sobre quando se aprende um novo idioma é: nunca pense na palavra, pense na coisa em si. O maior erro (e mais comum) de um estudante de idiomas é acreditar que deve basear seu aprendizado completamente em seu idioma nativo, traduzido cada palavra que pensa antes de se expressar, como se um idioma fosse copia do outro. As coisas não funcionam assim. Quando nós falamos em nossa língua nativa, apenas expressamos conceitos, geralmente não pensamos sequer nas palavras usadas, e o mesmo deve acontecer com o novo idioma: entenda a figura que você quer expressar, perceba o meio em que se encontra e use o simbolo adequando.

E este é o ponto chave: palavras são símbolos que apenas representam conceitos. Sim, o chamado "profano" entenderá "magia" como a arte de burlar leis naturais a fim de provocar efeitos independentemente destas sobre a realidade concreta. O iniciado entenderá como o conhecimento da operação de leis naturais não amplamente conhecidas e ação através destas para atingir um determinado fim. Não se enganem com a homografia, pessoal, são idiomas diferentes, neste caso. E, usando a lei da correspondência que me fascina por igualar o mundo, são egrégoras diferentes. Cabe a cada um saber em que região mental se encontra e, assim, evitar a contaminação de seu conceito ou o uso indevido da palavra. É uma questão de costume.

Um exemplo legal e bem bobo: gosto bastante de jogar vídeo games e baixei um jogo chamado Pay Day. Estava feliz da vida indo testar quando minha irmã apareceu e perguntou o nome do jogo. Quando falei ela começou a rir e eu passei alguns instantes sem entender o por que, mas logo comecei a rir junto. O nome se pronuncia "Peidei" mas o sentido em Português sequer passava por minha cabeça.
O Francês está cheio desses casos, como a palavra "soutien" (sutiã) que significa "sustenta". Esses dias falando com um amigo brasileiro quase o chamei de "garçon", que significa "rapaz", mas no ultimo instante percebi o erro e corrigi para "monsieur".

Já me preocupei muito com a forma, sou encantado pelo conteúdo, mas tenho me concentrado na origem. Em minha experiência mais recente com a ayahuasca, um dos processos mais interessantes foi perceber como as palavras se aglomeram ao redor de ideias. Onde eu colocasse minha consciência, lá apareciam palavras como ferro atraído por um imã. O mesmo acontece com qualquer tipo de simbolo, mas as palavras são as mais rápidas, as primeiras a chegar. (E símbolos nunca andam sozinhos, são constelações em meta-relacionamentos, mas isso é assunto apara outro tópico XD).

Enfim, acho que o que quero dizer é que as palavras em si não são grande problema mas onde você põe a consciência. Se repararem, mesmo quando Jesus fala que o que entra pela boca do homem não o contamina, mas o que sai dela sim, não fala simplesmente da palavra, mas do que ela traz consigo:

Jesus escreveu:E, chamando a si a multidão, disse-lhes: Ouvi, e entendei:
O que contamina o homem não é o que entra na boca, mas o que sai da boca, isso é o que contamina o homem.
Mateus 15:10,11

[...] Ainda não compreendeis que tudo o que entra pela boca desce para o ventre, e é lançado fora?
Mas, o que sai da boca, procede do coração, e isso contamina o homem.
Porque do coração procedem os maus pensamentos, mortes, adultérios, fornicação, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias.
Mateus 15:17-19

Então o cuidado maior é a observação interna, orar e vigiar, saber do que trata quando fala. Claro, assim como o imã atrai o ferro, de certa forma pode-se dizer que o inverso também ocorre, por isso foco duplo na consciência. E por fim, o outro cuidado maior é com quem fala, cuide para que falem a mesma língua ou que o outro tenha o mesmo interesse e foco no pensamento para que atraiam apenas o que pretendem. Afinal, sobre o profanos:

Jesus escreveu: Não deis aos cães as coisas santas, nem deiteis aos porcos as vossas pérolas, não aconteça que as pisem com os pés e, voltando-se, vos despedacem.
Mateus 7:6

Ainda existem coisas legais sobre palavras, achismos meus, ensinamentos sobre "o nome das coisas" pelo mestre Elodin (The King Killers Chronicles), mas o tópico é sobre outra coisa e já me estendi.
Deixo aqui uma experiencia de meditação que acho legal sobre apalavras e "colocação da consciência", o Human Vortex Project. A bientôt.


_________________
O propósito do Guerreiro é a paz.
avatar
Aarin Federleicht
Estudioso

Mensagens : 50
Data de inscrição : 21/02/2015
Idade : 24
Localização : Salvador

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Neo em Qui Ago 20, 2015 1:59 am

Sem palavras quanto ao seu texto.
E quanto ao livro citado, pelo que li de O Nome do Vento ele com certeza ensina muitas coisas a cerca dos nomes. Não sei se o conhecimento ali passado é fruto de pesquisas conscientes ou do próprio akasha, mas é bem mais que uma mera estória de fantasia.
avatar
Neo
Iniciado

Mensagens : 187
Data de inscrição : 05/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Neo em Ter Ago 25, 2015 2:02 pm

Bom, retornando ao assunto Ayahuasca...

É uma bebida formada por substâncias psicoativas, ou drogas para aqueles que preferem esta denominação, esta substância é o que na Alquimia espagírica chamamos de espirito. Sempre referindo-se a essência interior de determinada coisa, onde reside suas virtudes, se é que essa palavra pode ser utilizada aqui, visto que nem sempre a virtude é realmente uma virtude, ou pelo menos do ponto de vista humano, chamaremos então de essência mesmo.

O espirito das duas plantas juntos nos dão o daime.
As plantas são a face feminina da Natureza, e pra quem já estudou o sagrado feminino a fundo em todos os aspectos, sabe a importância disso, mas enfim, beber o Ayahuasca no físico é beber uma droga, mas o que ela faz é abrir a mente aumentar sua capacidade de perceber, deixá-la suave o suficiente para que informações mentais e espirituais cheguem até nós, ela não cria as informações, algumas vem de dentro e outras de fora. Devemos lembrar que o Físico e o Espiritual são planos opostos, enquanto o Mental é um estado de transição entre os dois e a única maneira de acesso a informações entre os dois. Seria equivalente ao Sal alquimico, um mensageiro, um elo.

As visões durante um trabalho com Ayahuasca podem ser chamadas de alucinações pelos leigos, quando na verdade esta palavra não deveria nem ao menos existir se a humanidade abrisse os olhos para a verdadeira natureza das coisas. Talvez alucinar seja olhar para dentro e muitas vezes não só para dentro mas para fora, tão fora que nós desconhecemos a localização.
Os problemas com a palavra droga é o mesmo da negação dos milagres por terem uma explicação física, e o problema com as palavras poção ou bebida mágicka é também uma definição mal formada do conceito MAGIA. Os que estiverem dispostos a ver poderão entender isso passando pelo processo. Ayahuasca é um presente do sagrado feminino, fogo dos deuses que revela o que há no escuro e nos ajuda a iluminar o caminho para continuar caminhando.
avatar
Neo
Iniciado

Mensagens : 187
Data de inscrição : 05/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Malklord em Ter Ago 25, 2015 7:50 pm

Isso que o que chamamos de força.
O estado proporcionado pela Ayahuasca.
Fico feliz que você tenha encontrado o precisava encontrar. Espero realmente que possamos juntos mais uma vez brindar esse sagrado elixir.

Mas reforço aos demais que o uso da Ayahuasca, deve ser controlado e subordinado a uma prática seria e bem direcionada. Pois já vi muita gente acabar em maus lençóis pelo uso indiscriminado e leviano.

Como toda ferramenta mágica deve ser bem orientada e usada unicamente para o fim específico, pois a profanação de seu uso pode implicar em consequências aterradoras.

Saudações!

Malklord:: M.'.I.'.P.'.A.'.

_________________
Malklord:: M.'.I.'.P.'.A.'.

Ominia in Unum

kabbalah, esoterismo , qliphoth , magia , ocultismo , celtas , força , wicca , verdade , ocultismo, occultismo, alquimia, sol, lua, astrologia, planetas, filosofia, sabedoria, busca, conhecimento, astrum argentum, arcanum arcanorum, hermetismo, religiões, cura, candomblé, umbanda, exu, orixás, anjos, demônios, deuses, forças da natureza, judeus, cristãos, Cristo, fogo, água, terra, ar, yin, yang, existencia, daemon, goetia, luz, escuridão, opostos, darkness, light, sun, moon, angels, michael, gabriel, rafael, adonai, mente, estudo, ciencia, meditação, force, grimoire, sabaoth,cernunos, mabon, graal, calice, arthur,artur,hermes,hermetico, alquimia, alchemy, pedra, filosofal, arcano, eliphas, levi, saint germain, fraternidade branca, sociedade teosifica, yggdrasil,ayahuasca, plantas de poder, Runas, rune, power, poder, hebraico, grego, grecia, roma, igreja
avatar
Malklord
Admin

Mensagens : 311
Data de inscrição : 15/08/2014

Ver perfil do usuário http://www.aemaeth.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Neo em Qua Ago 26, 2015 12:24 am

Flamel disse em seu Livro das Figuras Hieroglíficas que todos os pecados derivam da fome pelo ouro, tenho certeza que o ouro ao qual ele se referia não necessariamente seria ouro ou dinheiro, mas aquilo tudo que é valioso, assim como essa fome seria a gula da humanidade essa vontade animalesca de receber mais do que se precisa, fruto da queda do Homem e distanciamento daquilo que realmente importa, falta de direcionamento da vontade.
Os pecados em seu sentido verdadeiro(que seria algo que nos impede de continuar caminhando) só nos prova essa distração que nos tira do caminho do Sagrado.
Lembrei de um livro que li, no qual um homem dizia que sabia que nunca conseguiria o elixir da vida, pois se conseguisse iria chafurdar na lama e nos vícios, profanando o mesmo. O uso indevido do daime funciona da mesma maneira, temo a gula dos homens nesta questão, desejo que esse ouro permaneça sendo tratado com o mesmo merecido respeito.


Ficarei feliz em mais uma vez encontrar essa Luz(apelido perfeito para o daime) em um local tão rico em energia.
avatar
Neo
Iniciado

Mensagens : 187
Data de inscrição : 05/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Aarin Federleicht em Ter Set 01, 2015 8:50 pm

Uma coisa que acho complicada no uso da ayahuasca, que é o enteógeno com o qual tenho contato, é que não consigo achar divertido e o uso recreativo me confunde. As experiências com bebida podem ser muito intensas de maneira negativa ou positiva, assim como as visões e sensações podem ser aterradoras, podem também ser lindas e profundamente emocionantes... mas não vejo como divertidas. Não é alguma coisa que eu usaria em um momento de lazer ou ócio.
Da primeira vez que tomei minhas expectativas eram bem amplas, baseado nos relatos que li esperava... basicamente de tudo durante a experiencia. No fim o que ficou foi um grande senso de respeito e seriedade que se confirmou repetidamente depois, independe dos processos serem agradáveis ou não.
Mas enfim, cada um com seus parâmetros, só acho muito difícil imaginar diversão...
Álcool foi divertido de um jeito bobo das primeiras vezes, já tomei remédios que tinham efeitos colaterais divertidos, mas isso é beeeem diferente.
Claro que brincar com coisa séria não é o único mal uso, e sobre isso, por hora, ainda não tenho muito conhecimento.

Mas vamos lá, prontos para mais um enteógeno? Vai Peyote logo aí embaixo.

_________________
O propósito do Guerreiro é a paz.
avatar
Aarin Federleicht
Estudioso

Mensagens : 50
Data de inscrição : 21/02/2015
Idade : 24
Localização : Salvador

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plantas de Poder

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum